Azevedo, M.A.; Guerra, V.N.A.; (2016). Infância e violência doméstica: fronteiras do conhecimento. São Paulo: Cortez. 7ª Edição.
10
Detalhes do Projeto
  • Autoras:Viviane Nogueira de Azevedo Guerra e Maria Amélia Azevedo
  • Ano:2016

QUESTÕES QUE PAIRAM NO AR E QUE A LEITURA DESTA OBRA PODE AJUDAR A RESPONDER

Infância e violência doméstica: uma díade a reclamar uma compreensão histórica-crítica e uma postura emancipatória não romântica nem demagógica?

Por que a família não é um lugar seguro, especialmente para crianças e adolescentes?

A violência doméstica contra crianças e adolescentes pode ser vestibular dos abusos ritualísticos?

O incesto, enquanto abuso sexual infantojuvenil, tem raízes nas diferentes culturas brasileiras?

A violência física contra as crianças e adolescentes no lar é universal?

Por que fracassam as políticas públicas no combate à violência doméstica contra crianças e adolescentes?

A pobreza bibliográfica sobre infância e violência doméstica no Brasil tem algo a ver com a “pobreza de direitos”?

Qual o futuro da prevenção à violência doméstica contra crianças e adolescentes (VDCA) em nosso pais?